1

1
Fachada Ocidental da Estação Caminho de Ferro do Valado dos Frades!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Valado é Oficialmente Vila


Esta publicação saiu no Diário da República, I Série-A, nº 187 em 16 de Agosto de 1991.
Elevação da povoação de Valado dos Frades à categoria de vila, foi aprovada em 20 de Junho de 1991, promulgada em 26 de Julho de 1991e referendada em 30 de Julho de 1991.
É um processo relativamente célere, já que foi iniciado a quando da aprovação pela Assembleia Municipal e por unanimidade, sob proposta da Câmara Municipal, em 19 de Abril de 1991.
Foram tempos de expectativa e grande euforia, mas...não são pelo menos "palpáveis"!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Artigo Publicado no Jornal União Nacional em 29 Agosto 1931


Não sei quem assinou este artigo em 1931, no jornal União Nacional.
Era um jornal do Estado Novo.
T. C. quem será?
Talvez Tito Calisto? não sei!
É uma "visita" relâmpago à história do Valado, de qualquer modo pese o seu sintetismo serve para a percebermos no essencial.
De referir a prosa poética de cariz lírico que o autor põe no último parágrafo, onde refere as odes virgilianas...donde podermos concluir da sua formação cultural.
O texto integra uma foto do Rio da Areia, da autoria de C. Nunes, que também não sei quem é!
"Quatro rios de beleza tradicional, o Alcôa, o da Areia, o do Meio e o das Águas Belas, serpeiam...".
Sempre os rios...importantes na vida e estabilidade dos Valadenses!
A água é fundamental à vida...nunca nada foi tão verdade no Valado...este blog voltará aos nossos rios!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

O Clube Recreativo Beneficente Valadense fez 80 Anos



No dia 25 de Dezembro de 2005, o Clube Recreativo Beneficente Valadense fez 80 anos.
Duma ideia para não deixar passar em vão esta efeméride, eu e Amadeu de Matos Carvalho, resolvemos desenvolver algumas acções que tornassem o mais digno possível o momento que passava.
E uma dessas acções foi publicar em livro a história da vida do Clube.
Uma vida longa para uma colectividade duma "aldeia", vida plena de incertezas, avanços, recuos, mas...também de muita alegria e comunhão.
Pelas páginas deste livro repassam os momentos mais marcantes, para o Clube e para as pessoas que dele usufruíram.
Desde a sua génese...as obras...as direcções...espectáculos mais marcantes (nomeadamente da inauguração das actuais instalações)...uma listagem dos diferentes intervenientes nos teatros...tudo está neste livro!
Como digo no prefácio, o Clube e nós todos estamos de parabéns e...merecemo-los.