1

1
Painéis de azulejos da Nazaré e Alcobaça na Estação Caminho de Ferro e praça principal, do Valado dos Frades!

terça-feira, 4 de abril de 2017

Nazaré...chalés


A Nazaré não é só mar e areia...apesar de ter uma existência administrativa relativamente recente, "transporta" com ela bons testemunhos duma história que se quer manter viva!
Esta aguarela de F. Diogo a ilustrar os chalés Cândido Rodrigues, é bem disso um testemunho! 
Cândido Rodrigues foi um grande armador e empresário que, em 19 de Julho de 1891, lançou ao mar da Nazaré uma armação valenciana, "Catatau", proveniente de Cascais. Aliás, tinha também armações na Ericeira e se veio para a Nazaré, foi porque esta já era reconhecida pelas suas potencialidades marítimas.
Em 1892, adquiriu um estabelecimento de "banhos quentes” que se situava junto da Capela de Santo António e procedeu a grandes modificações que melhoraram consideravelmente o seu aspecto e funcionalidade.  
É também proprietário do galeão "Gladiador", cuja missão era transportar uma enorme rede e cercar cardumes de sardinhas. Existe ainda hoje, um protótipo de menores dimensões no Turismo da Nazaré.
Em finais de noventa do século XIX, mandou construir estes belos chalés que tanto embelezam a zona norte da vila e que, em vez de serem rodeados de luxuriantes jardins, têm a emoldurá-los a vastidão do mar...
É preciso que este "naco" de história não entre pelo sorvedouro que por vezes se "abate" sobre muitas das riquezas arquitectónicas...e assim se percam exemplos que depois, só o papel continuará a recordar!


 Bilhete Postal circulado da Nazareth para Lisboa, em 29 Agosto 1907

Neste postal ressalta logo à esquerda o edíficio dos Banhos Quentes, onde à porta vislumbramos a imagem dum "varino"...mais ao fundo os chalets e...à nossa direita constatamos ainda a não construção do paredão.

Marques, Maria Zulmira Furtado, Um Século de História de Alcobaça 1810-1910 

Hélio Matias